Maiores aprendizados sobre People Skills e Empreendedorismo

  • por
aprendizados-people-skills-empreendedorismo

Se você me acompanha neste blog e nas redes sociais sabe que sou um apaixonado por People Skills, também conhecidas como habilidades sócio-comportamentais. 

Isso porque acredito que elas são tão importantes quanto as Hard Skills, ou habilidades técnicas. Mas, além disso, elas dizem muito sobre a personalidade e competência de cada indivíduo. 

Desenvolvendo bons comportamentos, mais conscientes, é possível criar uma equipe, ter relacionamentos melhores e, consequentemente, uma vida de impacto positivo e transformador na sociedade.

E, para que as skills comportamentais sejam desenvolvidas, é importante entender sua relação com a educação que você recebeu e continua recebendo:

Os 3 P’s da Educação

Existem 3 P’s que influenciam a sua educação. São eles: seus pais, seus professores e o seu patrão (ou a empresa onde você trabalha). Eles possuem enorme capacidade de influenciar seu emocional e contribuir com sua educação.

Por isso, seja seletivo, sempre que possível, com os dois últimos P’s e avalie se o impacto que seus líderes e mentores exercem sobre você tem sido positivo ou negativo.

Caso negativo, procure oportunidades de estar ao lado de pessoas que possam ajudá-lo a atingir seus objetivos.

Já o primeiro P não é possível mudar, então a dica é que você mantenha o respeito, paciência e desenvolva novos hábitos na medida do possível e quando sentir que é pertinente.

Busque referências que alcançaram ou estão em um estágio mais avançado para alcançar objetivos parecidos com os seus!

Como aprender melhor

Pesquisas revelam que existem formas mais eficientes de fixar novos conteúdos no processo de aprendizagem. 

Esses dados afirmam que é possível reter o conhecimento em aproximadamente 20% durante uma palestra, pois pode ser mais difícil manter a atenção da plateia; 50% durante discussões em público, devido ao fato de que as pessoas conseguem manter mais o foco quando são ativas durante uma reunião, e não somente passivas; 70% em atividades práticas, visto que a execução é um processo de sucessivas tentativas; e. por fim, 90% do conhecimento é retido ao ensinar o conteúdo para alguém. 

Deu para entender que as melhores formas de aprender algo são quando você está ativo neste processo, né? 

Então está esperando o quê? Comece a fazer o que precisa ser feito: PRATICAR!

A grande People Skill do momento – e acredito com todas as minhas forças que nunca vai sair da pauta – é: Aprender a aprender! 

O mundo está ficando cada vez mais volátil, com rápidas mudanças, de forma que muitos conhecimentos antigos já ficaram praticamente defasados. Nós precisamos nos adaptar constantemente, desaprendendo e aprendendo coisas novas a todo momento!

Estamos na dimensão VUCA 

Já ouviu falar sobre VUCA?

Há uma definição sobre o mundo atual, conhecida como o Mundo VUCA. Esta sigla, em Inglês, quer dizer que vivemos em um mundo:

  • V = Volatility (Volátil)
  • U = Uncertainty (Incerto)
  • C = Complex (Complexo)
  • A = Ambiguous (Ambíguo)

Identificamos a crescente volatilidade do século pelas mudanças que ocorrem rapidamente devido aos avanços tecnológicos. 

Sobre as incertezas, sabemos que a única certeza que temos é a de não saber o que acontecerá nos próximos minutos, ou amanhã.

Em relação à complexidade, percebe-se que o mundo não é simples e tudo está interligado.

Já a ambiguidade revela que não existe apenas uma interpretação sobre determinado tema, qualquer que seja. Tudo é uma questão de ponto de vista.

Como cidadãos do presente e do futuro próximo, precisamos estar preparados para este mundo criando ambientes favoráveis ao compartilhamento e novos aprendizados. Precisamos estar conectados com um propósito.

Defasagem de conteúdos efetivos

Uma pesquisa da OMS identificou que a maior causa de mortes crescente no mundo tem sido a depressão. 

E o pior de tudo é que, na grande maioria das escolas e universidades brasileiras, faltam aulas sobre inteligência emocional para saber como sua mente processa as emoções – aspecto essencial das People Skills. 

Para mim, isso deveria ser tão importante quanto a aula de matemática, geografia e de marketing que você teve na faculdade.

Qual país você acha que tem a maior taxa de ansiedade do mundo? 

Sinto dizer que é o Brasil. E a maior cidade com essa taxa é São Paulo. Esses dados foram tirados de uma pesquisa da OMS. 

Percebe o quão problemática é essa situação? Ela explica muito a diminuição da produtividade das pessoas, das empresas e a causa de conflitos emocionais.

Além das aulas de inteligência emocional, faltam aulas de empreendedorismo e criatividade também. Existe uma defasagem enorme no ensino brasileiro que impede o desenvolvimento de novas habilidades comportamentais.

Como superar a defasagem

A boa notícia é que, se você está lendo este artigo, já é uma pessoa inconformada e que procura sempre se desenvolver no que for possível.

Como seres racionais e providos de inteligência, podemos treinar nossa mente para começar a praticar e desenvolver o que a gente quiser. Para isso, você precisa ter força de vontade.

Antes de levantar esforços para algo tenha clareza do seu propósito. Pergunte-se por que você quer aprender determinada coisa e onde esse aprendizado pode te levar.

O segundo passo para a superação é reforçar em si mesmo uma mentalidade de crescimento. Existem pessoas com mentalidade fixa, que aceitam o destino e o que acontece na vida. 

Mas existe também a mentalidade do crescimento, que são pessoas que entendem que precisam mudar e devem sempre ser a melhor versão de si mesmas. E elas entendem que o crescimento vem a partir de erros e acertos.

Quando você treina sua mente voltada para o crescimento, você aprende a lidar melhor com o mundo de hoje.

Tem um TED da Carol Dweck que fala sobre “O poder de acreditar que se pode ser melhor”. Recomendo fortemente que você assista para entender um pouco mais do assunto.

Empreendedorismo não é só ter uma empresa

Você sabia que, para empreender, não é necessário criar sua própria empresa?

Existem os “intraempreendedores”, aqueles agentes de mudança que trabalham para outras empresas e negócios, mas se consideram (e são considerados) relevantes para desenvolver o local onde trabalham.

Características essenciais para esse tipo de pessoa são: empatia, inteligência emocional, resiliência antifragilidade, criatividade, disciplina e foco.

Você com certeza está achando muito difícil ter todas essas características e eu concordo com você. Acontece que não existe alguém que tenha todas as habilidades da lista.

Gosto muito desta frase: “não existem super homens, mas existem super amigos”. Para ser um intraempreendedor você também precisa contar com uma equipe que complemente as suas características, assim como quando cria seu próprio negócio.

Clareza, propósito, prática

Se você tem um grande desejo de empreender, seja criando um novo negócio ou no local onde trabalha, meu conselho para você é refletir profundamente sobre essas 3 palavras. 

Tenha clareza sobre seus objetivos. Liste seus sonhos, ambições e crie planos de ação para atingí-los. Com isso, você também saberá priorizar suas atividades e fazer exatamente o que é necessário.

Procure entender o propósito em cada um destes objetivos e esteja firmado nisso. Eles não te deixarão desistir durante as dificuldades.

E pratique! Entenda que a vida é feita de tentativas, erros e acertos. Você tem direito de errar em algo novo, mas a persistência o levará aos acertos. Não importa quanto tempo demore e não se compare com quem acertou mais rápido que você. 

Dicas bônus: indicações

Quer saber mais sobre inteligência emocional? Indico o Daniel Goleman, um autor que fala muito sobre o assunto, e, em especial, indico que leia o livro “O poder do hábito”.

Na trajetória é muito importante que o empreendedor saiba gerir e priorizar seu tempo. Para isso, recomendo o livro “A arte de fazer acontecer”.

Ouvir áudio-livros é excelente para estimular a mentalidade de crescimento. Vou deixar aqui 2 aplicativos que você pode baixar:

  • Audible – Disponível na App Store e Google Play
  • Blinkist – Disponível na App Store e Google Play

E-book: como desenvolver suas People Skills

Por fim, indico o E-book que escrevi junto à Caroline Garrafa, Head de People Skills da Link School of Business.

Baixando este E-book, você vai:

  • entender o que são People Skills e por que elas são imprescindíveis tanto no âmbito
  • profissional quanto no pessoal
  • identificar as suas People Skills
  • desenvolver suas People Skills
  • se preparar para o futuro do trabalho, equilibrando suas habilidades técnicas e suas habilidades comportamentais e interpessoais
  • ter um Glossário de People Skills, bem como diversos materiais de estudo, totalmente à sua disposição, de graça, para sempre

É só clicar aqui para baixar!

Boa leitura e até a próxima!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.