O que aprendi em Harvard: como funciona o curso OPM?

harvard business school imagem da faculdade com o logo de harvard abaixo

Em 2015, eu tive uma das maiores oportunidades da minha vida, a realização de um dos meus maiores sonhos: estudar na Harvard Business School.

O curso Owner President Management (OPM) de Harvard é um dos mais conceituados do mundo e responsável pela formação de grandes empreendedores e líderes globais.

Com um formato único, baseado em estudos de caso e aprendizado prático, muita troca de conhecimento e muito networking, os aprendizados trazidos pelo curso transformaram a forma como enxergo diversos aspectos da Liderança, Empreendedorismo, Comunicação, Educação, Negociação – enfim, de toda a minha carreira – e levo suas lições comigo desde então.

A seguir, separei para você um pouco mais sobre como funciona o curso:

O que é a Harvard Business School

A Harvard Business School é uma das faculdades mais renomadas no mundo.

A escola foi fundada em 1908, em Boston (MA), como parte da faculdade de Humanas, mas recebeu status independente em 1910 e tornou-se uma unidade administrativa separada em 1913.

Ela foi pioneira no desenvolvimento do método de estudos de caso (case methodology), inspirando-se na abordagem da educação jurídica em Harvard. 

Durante as aulas, os alunos são posicionados como gestores de organizações e devem resolver os problemas trazidos nos textos, de modo que o programa letivo também estimula o ensino prático.

E, desde o início, a escola teve um relacionamento próximo com o mundo corporativo. Poucos anos depois de sua fundação, muitos líderes de negócios eram ex-alunos e estavam contratando outros ex-alunos para posições iniciais em suas empresas.

Aliás, o networking é um dos pontos imbatíveis na HBS! Você aprende muito nas aulas com os professores, e aprende mais ainda com seus colegas!

E isso porque a HBS é muito clara em seu propósito:

“Nós educamos líderes que fazem a diferença no mundo”

E como eles mesmos explicam:

“Líderes…”

Quando falamos de líderes, queremos dizer pessoas que incorporam um certo tipo de competência e caráter – tanto a competência que vem da perspectiva do gestor, que a nossa escola cultiva, quanto seu caráter, para que ele entenda a diferença entre ser interessado e inspirador e ser egocêntrico. 

Vai muito além de saber que não é certo mentir, trapacear ou roubar. Envolve reconhecer que você é um verdadeiro líder somente quando conquistou a confiança de outras pessoas e quando outras pessoas, seja na sua organização ou na sua comunidade, o reconhecem como tal.

“…que fazem a diferença…”

Fazer a diferença significa desenvolver pessoas que criam valor real para a sociedade – e que conseguem primeiro criá-lo antes de capturá-lo.

Em vez disso, a recente crise econômica nos mostrou muitos exemplos de líderes que capturaram valor sem ter criado nenhum. Vale a pena notar aqui que existem muitas maneiras de fazer a diferença positiva: como investidor, como gestor, como empreendedor, como cidadão ativo da sua comunidade. 

De fato, o que distingue a Harvard Business School é que nossos graduados fornecem liderança em todas as esferas da vida.

“…no mundo”

O mundo reflete nossa compreensão de um ambiente dinâmico e em constante e veloz mudança, bem como o fato de que muitos dos problemas mais desafiadores do mundo exigirão uma perspectiva global.

Além disso, envolve adotar a visão de que o mundo precisa desesperadamente de mais líderes para resolver seus problemas mais urgentes e desafiadores, e que praticamente nenhum desses problemas pode ser resolvido sem que os líderes empresariais desempenhem um papel vital.

E, é claro, o primeiro componente da missão é educar, o que fazemos de várias maneiras – por meio de nossos programas educacionais, pelas ideias que nossos professores produzem e disseminam e pela influência que alcançamos por estar perto de líderes de todos os tipos, e de organizações em todo o mundo. 

O impacto do que fazemos se estende muito além das pessoas que vêm ao nosso campus. Embora possamos tocar apenas alguns milhares diretamente a cada ano, podemos influenciar indiretamente muitos mais, permanecendo o líder mais confiável e admirado na educação para negócios.

Como é o processo seletivo para a Harvard Business School?

Como o nome já diz – Owner President Management – o principal critério de seleção do curso é que você seja C-Level, Executivo ou dono de uma empresa, uma vez que ele é focado em um gestão global e executiva.

Em seguida, tem o valor mínimo de faturamento. A empresa precisa estar em um patamar relevante em seu setor e esse valor mínimo ajuda na hora de montar uma turma equilibrada, para que todos estejam relativamente no mesmo nível em termos de negócio.

Outro fator importante é a indicação. Normalmente, se a pessoa for indicada por um ex-aluno, isso facilita aprovação, porque tem muita demanda. A HBS é um dos poucos serviços inelásticos – isto é, aquele em que, conforme você aumenta o preço, a demanda também aumenta, indo na contramão da lei básica da economia de oferta e demanda.

No meu caso, devo minha ida ao André Street e ao Eduardo Pontes. Na época, minha empresa tinha recebido um investimento da Arpex e uma das políticas do André e do Edu, os fundadores da Arpex, era indicar e financiar a ida de seus sócios para esse curso.

Eles já enviaram mais de 20 empreendedores para a HBS, e indicaram outros vários. Fica aqui meu salve e meu agradecimento aos dois!

Como funciona o curso OPM na Harvard Business School?

O formato é de imersão – ou seja, você mora com seus colegas, no campus de Harvard. 

Um mês antes de ir, você recebe um arquivo de aproximadamente 1.000 páginas de preparação prévia, com todo o conteúdo e todos os detalhes sobre o curso. Assim, você já vai sabendo exatamente o que esperar das aulas.

Como comentei na introdução, a HBS trabalha com estudos de caso. Esse material prévio, portanto, é formado majoritariamente por esses cases, nos quais você se posiciona como um gestor responsável por uma série de tomadas de decisão.

Além da leitura, há diversas perguntas que você deve responder considerando esse pressuposto – o de ser um líder à frente de uma empresa, que precisa resolver problemas variados.

Esses cases serão debatidos ao longo do curso, junto a seus colegas, antes e durante as aulas.

Qual o período de duração do curso?

O curso é realizado em 9 semanas não-consecutivas. Você faz 3 semanas em um ano, volta para casa, implementa os principais aprendizados na sua empresa, volta no ano seguinte, faz mais 3 semanas, volta para casa, implementa, e aí volta mais uma vez, por mais 3 semanas.

Ou seja, o curso é de 3 semanas por ano distribuídas ao longo de 3 anos, para que os alunos tenham tempo de aplicar o que aprenderam e retornar com insights, dúvidas e capacidade de trocar conhecimento.

Como são os alunos do curso?

O formato acima gera uma conexão muito particular entre os alunos. 

Nós passamos 3 semanas intensas juntos, com três aulas por dia de segunda a sábado – mais os jantares e encontros depois das aulas e a residência no campus -, voltamos para casa e aí, no ano seguinte, reencontramos todo mundo para outras 3 semanas intensas. 

É muito bacana essa dinâmica do reencontro principalmente por causa dos diferentes backgrounds de cada um. E a diversidade é um fator fundamental, nesse sentido.

Para você ter uma ideia, éramos 160 alunos e o único fator comum entre todos nós é que éramos todos empreendedores. De resto, éramos de nacionalidades diferentes, religiões diferentes, indústrias diferentes, funções diferentes, tipos de empresa diferentes e idades diferentes (o mais velho tinha 70 anos e eu era o mais novo, com 29 aninhos).

A convivência diária com pessoas tão distintas, ao longo dessas 9 semanas, é o tipo de benefício que não tem preço. Eu costumo dizer que, nesse curso, metade você aprende com os professores e a outra metade com os alunos

É uma troca única que nosso formato tradicional de Educação no Brasil, infelizmente, possibilita muito pouco.

 

Tem interesse em saber o que eu aprendi em Harvard? Então baixe o E-book especial e gratuito que preparei sobre o tema!

nv-author-image

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.