Empreendedorismo: dicas do Vabo para seguidores

  • por
empreendedorismo-dicas-vabo

Dia 05 de Janeiro fizemos a primeira live de 2021, uma mentoria! Os participantes foram escolhidos através de um post no Instagram, onde, nos comentários, cada um deles compartilhou um breve relato de sua trajetória.

Jogador de tênis que virou Empreendedor

O primeiro convidado foi o Sérgio. Quando novo, ele foi jogador de tênis e nos contou sobre suas experiências de vida e tudo que viu pelo mundo durante viagens que fazia por conta dos jogos. Deixou a profissão aos 22 anos e, depois disso, passou pelo mercado financeiro e empresas de consultoria. Mas, apesar dos excelentes ganhos em ambos, deixou isso para trás ao aceitar uma proposta de sociedade feita por um grande amigo.

Ele decidiu arriscar acreditando que poderia fazer a diferença na vida das pessoas. Ele atuou diretamente para o crescimento desta empresa, expandiram mundialmente e, por conflitos de interesse, decidiu vender sua parte após alguns anos.

Já em 2017, ele decidiu passar um tempo no Vale do Silício – que considera o marco da virada de mindset em sua vida. Quando retornou ao Brasil, leu muitos conteúdos e se interessou pela Educação. Explorou conteúdos de qualidade com cinco pilares: saúde mental, saúde física, produtividade, comportamento alimentar e sono.

Ele lançou o podcast “Cuidando de você” e o app e site www.ukor.com.br, ambos com objetivo de auxiliar na melhoria de qualidade de vida das pessoas. O foco atual é contribuir para que as pessoas tenham um sono de qualidade, uma vez que uma noite mal dormida acaba levando a um ciclo vicioso negativo e trazendo consequências para diversas áreas.

Dica do Vabo

A sugestão que dei a ele é que trabalhe mais os dados de pesquisa, converse com pessoas envolvidas, mas de diferentes frentes, para ter pontos de vistas distintos.

É necessário, também, que as conversas tenham certa frequência, para não se afastar da realidade e poder de perto fazer os ajustes necessários para atender o público e atrair novos usuários.

Educação financeira com autoconhecimento

Conversei também com o Léo, de Uberlândia. Quando começou a atuar em hospitais públicos, ele se deparou com muitas realidades diferentes da sua. Ele percebeu que as pessoas passavam por muito problemas, em sua maioria eram ligados ao lado financeiro.

Percebeu, também, que elas têm muita dificuldade em lidar com o dinheiro e assim acabam acarretando outros problemas. A ideia do “Moeda de Ouro” é auxiliar as pessoas através da educação financeira.

O seu público é mais simples, e sua proposta é acessá-lo através de uma linguagem bem didática. Um detalhe que ele percebeu, por exemplo, foi que faltava uma abrangência emocional, como o autoconhecimento, para que as pessoas possam se conhecer e, assim, entender por que agem de determinada maneira, o que realmente querem e o que é importante em suas vidas.

Existem planos para futuramente dar palestras sobre educação financeira, pós-pandemia. Atualmente, com as redes sociais, quer alcançar um grande número de pessoas que ele possa ajudar e fazer a diferença. 

Dica do Vabo

Sobre as perspectivas para o futuro, uma dica importante que dei é estar aberto aos vários cenários e se preparar para, no mínimo, duas hipóteses distintas. Qualquer pessoa que lhe dê uma certeza, ou receita pronta, está apenas especulando. As coisas mudam em uma velocidade considerável.

A respeito do contato online x presencial, o ideal é explorar o que cada um tem de melhor. Apesar do conteúdo similar, cada um permite uma experiência e um tipo de alcance e benefício diferente, além do conteúdo.

xxxxxxxx

Conversei também com a Alexandra, de Caruarú. Ela também tem uma história de vida muito legal: nasceu em uma família super humilde, mas, apesar disso, sempre teve vontade de empreender.

Ela foi a primeira de sua família a se formar em uma faculdade federal e passar em um concurso público. Decidiu que iniciaria essa carreira para se capitalizar e ter condições de empreender futuramente, o que sempre foi seu sonho.

Atualmente, ela também dá aula de Administração em uma escola técnica e, lá, tem inserido o conteúdo de educação financeira e gestão emocional em sua grade curricular, pois considera, assim como eu, temas muito relevantes e fundamentais para a Educação.

Falamos também sobre a importância da Educação e do Empreendedorismo, pois são as chaves da mudança que queremos ver.

Dica do Vabo

A respeito do ensino de conteúdos técnicos, sugeri que evitasse transmiti-los de forma expositiva e buscasse fazê-lo de maneira leve, fácil e divertida, pois é desta forma que conseguirá manter a atenção dos alunos. Realizar simulações da vida real permite que o aluno vivencie o conteúdo, tenha uma experiência.

Quando as pessoas enxergam a real necessidade e utilidade de um conteúdo, elas tendem a se interessar mais em aprendê-lo.

XXXX

O último participante foi o Bruno, meu aluno do Curso de Oratória. Falamos sobre algumas dicas para networking e como se conectar com as pessoas:

  • Falar sobre temas comuns do ambiente inserido, como um evento

  • Ir a eventos acompanhado, pois assim um pode iniciar o assunto com as pessoas e o outro dar continuidade, ficando mais fácil se soltar

Ao longo da minha trajetória, estive em diversos eventos em que não assistia às palestras quando elas aconteciam, uma vez que eram gravadas e eu poderia acessar o conteúdo posteriormente. Em vez disso, eu aproveitava para ficar em locais estratégicos, como. por exemplo, próximo ao palco. para que pudesse ter acesso aos palestrantes e fiz isso por diversos anos consecutivos. encontrando muitas vezes a mesma pessoa anualmente. 

Uma dica de ouro é se  interessar pelo que outra pessoa vai falar. Isso é muito mais importante do que  parecer interessante para chamar a atenção dela.

O livro “Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie, fala sobre isso. As pessoas estão interessadas em falar sobre elas, então seja um bom ouvinte e se destaque.

Uma dica simples e muito eficaz é repetir o nome da pessoa quando ela se apresentar a você, isso gera uma conexão. O som favorito de todas as pessoas é o do seu próprio nome.

Gostou deste artigo? Compartilha com alguém que você acha que vai curtir também.

No instagram do Além da Facul estamos sempre compartilhando conteúdo sobre people skills, liderança, empreendedorismo. Acompanhe!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.