Tio Huli, Marketing Digital, mentoria, investimentos e muito mais!

  • por

O Marketing Digital transformou a forma como as pessoas se relacionam com o mercado, com os produtos e com as empresas.

Sabendo disso, em maio deste ano eu conversei com o Hulisses Dias (@tiohuli); referência na utilização dessa ferramenta e conhecido como Tio Huli no Instagram, ele é um dos grandes influenciadores de investimentos da redes sociais!

Nosso papo aconteceu no perfil do Além da Facul (@alemdafacul), e se você quiser conferir o vídeo completo, é só acessar o link ao final do texto!


 

O Tio Huli é formado em administração, com MBA em finanças e me contou que sua trajetória começou com o impulso de não repetir erros presentes na sua experiência familiar: ele não queria passar pelos problemas financeiros que tinha vivenciado ao longo de sua infância e adolescência, então começou a estudar sobre finanças e buscar planejamento.

Hoje, além de ter mudado a forma como vive, ele também ajuda outras pessoas, principalmente por meio da disseminação de conhecimento. 

O Marketing Digital como veículo da jornada empreendedora

De forma bastante simplificada, o Marketing Digital compreende o conjunto de estratégias de comunicação que marcas podem utilizar por intermédio de veículos como a internet e as mídias sociais para divulgar e comercializar mercadorias, assim como ampliar o número de consumidores e conexões dentro do negócio.

Nesse conjunto de estratégias está inserido o conceito de sound brand, cujo objetivo é provocar o reconhecimento de determinada empresa logo que alguém escuta determinado som característico. A formação de uma marca sonora torna a identificação da companhia pelos clientes muito mais efetiva.

Nesse contexto, durante a nossa conversa, o Tio Huli utilizou o exemplo da Rede Globo, uma vez que ao escutarmos o emblemático “Plim Plim” já associamos o som ao famoso canal de televisão.

Outra questão importante levantada pelo Tio Huli refere-se à valorização de vendas individuais. É muito comum, sobretudo no início da jornada empreendedora, o sentimento de estagnação e a sensação de que os resultados não estão sendo eficazes o suficiente.

Nesse ponto em específico, quando se fala de Marketing Digital, é importante lembrar de valorizar as pequenas vitórias, porque são de unidades que se formam grupos.

Para mim, aliás, é esse o maior aprendizado da área: quando você trata cada cliente como o mais importante ou cada venda efetuada como especial, você consegue se superar e alçar voos mais altos.

“Se a gente não acreditar que é só o começo, a gente pode se contentar com os resultados”

O Tio Huli me deu essa resposta quando eu  questionei sobre o motivo da utilização da frase “é só o começo” em sua marca, seus discursos e suas redes sociais.

Segundo ele, existe uma grande diferença entre contemplar os resultados e se contentar com eles.

Precisa-se viver constantemente como se todos os dias fossem o “Day 1”: é necessário estar motivado, trabalhar no presente e pensar que no futuro os resultados desse empenho irão gerar resultados incríveis.  

A importância da mentoria

Quem me acompanha sabe da importância que eu atribuo a essa ferramenta na formação de um indivíduo e especificamente do empreendedor.

Aqui no blog, já me aprofundei bastante no assunto.

Mentores são pessoas que podem nos inspirar, nos aconselhar e nos ajudar a evoluir de forma ativa e pessoal ou de maneira indireta.

O Tio Huli, por exemplo, apesar de ter conhecido o Warren Buffett pessoalmente em uma viagem que fez para os Estados Unidos, me relatou que o tem como mentor indireto, porque enxerga o investidor como uma referência e um exemplo.

De acordo com o Tio Huli, não é a capacidade de ganhar dinheiro que mais o fascina no Buffet, e sim a disciplina, filosofia e estilo de vida com que ele escolheu viver: embora tenha acesso a todos os recursos financeiros que se possa imaginar, Warren opta pela simplicidade e valoriza fatores que o dinheiro não é capaz de comprar.

Nesse processo indireto de mentoria, o Tio Huli também aprendeu a respeitar os riscos dentro do universo financeiro e, de acordo com o próprio, esse foi um dos direcionamentos que o impediu de quebrar/falir na construção de seus negócios.

Velocidade X Paciência

Não é nenhum segredo que vivemos em um mundo muito dinâmico, em que as pessoas estão a cada dia com menos paciência para esperar resultados.

No padrão da maioria, o dinheiro precisa ser adquirido de maneira recorde, por exemplo; ou normalmente os livros são muito extensos, então é justo parar na metade e não saber o final da história.

Muitos vivem com pressa, como se apostassem uma corrida contra a vida. Isso não é saudável – nem para você, nem para o seu negócio.

Para desenvolver a paciência necessária para ser bem sucedido em nossos objetivos, precisamos seguir três passos principais:

  1. Saber onde quer chegar (tenha um objetivo);
  2. Com o seu objetivo bem definido, encontre onde você está posicionado no presente;
  3. Ame e viva o processo (e o resultado será consequência).

O Tio Huli ainda citou o emblemático Michael Jordan como uma grande fonte de inspiração e utilizou as suas palavras para ilustrar o que se deve fazer em momentos de crise.

Segundo ele, o mais sábio é voltar para o início (ou para o básico). Em outras palavras: voltar para os fundamentos.

É por isso que é tão importante conhecer os fundamentos de tudo que fazemos e nos entregamos— ter autenticidade, uma importante people skill.

Conselhos para os jovens

O Tio Huli contou que era muito tímido e que isso impediu que ele se comunicasse com muitas pessoas que ele gostaria de ter mantido contato.

Por essa razão, ele aconselharia a si mesmo a não perder oportunidades como as que perdeu durante sua adolescência e início de juventude.

Aliás, você sabia que a Oratória pode auxiliar com a timidez?

O melhor conselho que Tio Huli poderia dar aos jovens, portanto, é: não percam oportunidades por causa de características que vocês julgam como fraquezas.

Respeitem seus perfis e trabalhem com o que vocês têm, utilizem as ferramentas que vocês têm à disposição e se esforcem para dar o melhor no que se propuserem a fazer.

Por que o Tio Huli decidiu empreender? 

Ele me contou que as principais razões que o levaram a se tornar um empreendedor foram:

  1. Não gostava da maneira engessada que os setores corporativos habituais funcionam
  2. Percebeu no mercado financeiro uma oportunidade de trabalhar em casa e montar seus próprios horários
  3. A possibilidade de trabalhar com mercado financeiro (que era uma área da qual ele gostava muito) o motivava, e ele enxergava infinitas possibilidades dentro do setor

Depois disso eu perguntei os lados negativos de empreender no mercado financeiro e ele me respondeu que o maior obstáculo que alguém pode encontrar neste setor é ter ou estar  com o mindset errado, uma vez que quando não se tem, dentro desse panorama, estratégias claras do porque se está comprando, mantendo e vendendo ativos.

Você pode se tornar um escravo do mercado. Pense, por exemplo, em uma pessoa em um sábado à noite ao lado de sua esposa e filha; no lugar de aproveitar a noite tendo algum tempo de qualidade ao lado de sua família, o indivíduo em questão passa todo o tempo que está com elas pensando em assuntos relacionados ao sistema e a finanças. 

É necessário, portanto, saber quando parar.

O Tio Huli também pontuou que ser influenciador nas redes sociais, como é o caso dele, pode ter lados não tão positivos.

É preciso saber dividir e equilibrar a atenção e o tempo que dispensamos às mídias digitais e ao trabalho, para que outras áreas das nossas vidas, que também são importantes, não sofram desfalques (tais como casamento, família, saúde física, espiritual e mental).

Nesse sentido, saber processar emoções é fundamental. 

Como investir dentro e fora do Brasil?

Sobre investimentos, o Tio Huli deu dicas bem legais e valiosas:

  1. Busque um portfólio diversificado
  2. Sabendo disso procure comprar ações dentro e fora do Brasil
  3. Tenha renda fixa dento do seu portfólio, para que a correlação entre as suas classes de ativos permita que você consiga rebalancear sua carteira vendendo determinados ativos na alta e comprando outros na baixa quando for necessário. É importante, todavia, ter clareza do momento de realizar esses rebalanceamentos, pois serão eles que irão gerar a maioria dos retornos dos seus investimentos de longo prazo.

Buscando a melhoria constante

O Tio Huli é aluno do nosso curso de oratória e deixou uma mensagem super legal para gente.

Apesar de falar super bem e transbordar energia e entusiasmo, ele está disposto a se abrir a possibilidades e melhorar o que ainda precisa ser revisto, trabalhando na evolução pessoal.

Afinal, empreender não significa apenas fundar empresas, contratar pessoas e gerenciar negócios; o conceito vai além e é mais complexo do que isso: diz mais sobre ser protagonista da própria vida.

O Tio Huli é sem sombra de dúvidas um grande exemplo de um empreendedor de sucesso: alguém que traça objetivos, que sabe onde está, que ama o processo e que tem autenticidade o bastante para começar de novo se for necessário em momentos de crise.

Precisamos como ele disse em nossa conversa, focar no aporte e sermos os melhores profissionais que pudermos ser.

Gostou deste artigo?

No meu Instagram @vabo23 estou sempre compartilhando os passos mais importantes da minha jornada e trocando ideias sobre people skills, liderança, empreendedorismo e a vida, em geral.

Segue lá e me manda seus desafios por DM que tentarei te ajudar!

Quer conferir a live completa? Dá play no vídeo abaixo!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.